Portal do águia notícias de Parnaíba, Piauí-Brasil

Technology

sexta-feira, 17 de maio de 2019

Piauiense Adriana sofre lesão e está fora da Copa do Mundo

Adriana Leal
A atacante piauiense Adriana, do Corinthians e da Seleção Brasileira, deve ser cortada e não vai disputar a Copa do Mundo de Futebol Feminino, na França. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) aguarda exames para atestar se jogadora será ou não cortada. O resutlado saí nesta sexta-feira (17).

Adriana sofreu uma lesão no ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo em jogo do Corinthians pelo Campeonato Paulista disputado ontem (15). O Timão venceu o Santos por 3 a 2. Adriana saltou sobre a goleira depois de marcar gol e se machucou na queda.

"Hoje era para ser mais uma vez uns dos dias mais felizes da minha vida, porém a vida me surpreende de maneira negativa pela segunda vez e na mesma situação. Ontem (quarta-feira) durante o jogo pelo Campeonato Paulista contra o Santos, no momento do meu gol, pulei a goleira e cai de mau jeito, desde então começaram as preocupações e hoje veio o resultado da ressonância: rompimento total do LCA do joelho esquerdo" escreveu a atleta no Insdtagram.

"Estou passando aqui para tranquilizar a todos que torcem e estão sempre me acompanhando, infelizmente por mais uma vez meu sonho terá que ser adiado, mas eu prometo a cada um de vocês que trabalharei firme e determinada a cada momento para superar mais uma vez meus limites e voltar ainda mais forte. Quero agradecer também a todos que acreditaram no meu trabalho e pela oportunidade que me deram até aqui", acrescentou Adriana.

"Na tarde desta quinta-feira um exame de imagem revelou uma lesão ligamentar da atacante Adriana. A atleta será examinada nesta sexta-feira, pelo Dr. Joaquim Grava, quando será conhecido o grau desta lesão", diz a nota do Corinthians.

“Na tarde desta quinta-feira (16), um exame de imagem revelou uma lesão ligamentar no joelho esquerdo da atacante Adriana. A atleta será examinada nesta sexta-feira (17), pelo médico do Corinthians, Dr. Joaquim Grava, para um parecer oficial do clube”, disse a CBF, em nota.

Convocação

À tarde, o técnico da seleção brasileira de futebol feminino, Vadão, divulgou hoje (15), na sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio, os nomes das 23 jogadoras que vão representar o Brasil na Copa do Mundo da França 2019. Um dos destaques da convocação é a volante Formiga, que entrará para a história ao disputar a sua sétima Copa do Mundo, um recorde entre os atletas tanto no masculino quanto no feminino, e outro é a atacante Marta, eleita por seis vezes pela Fifa como melhor jogadora de futebol do mundo, sendo a última em 2018.

O Brasil estreia no dia 9 junho contra a Jamaica, em Grenoble. Quatro dias depois joga com a Austrália, em Montpellier, e termina a fase de grupos contra a Itália, no dia 18, em Valenciennes.

Os deslocamentos da seleção durante a Copa do Mundo será feito de acordo com a programação de jogos. Segundo o técnico, a expectativa do grupo é altamente positiva. “As nossas pretensões são sempre a de vencer. Temos condições de vencer. Teve um aumento significativo de seleções que vão disputar esse tão esperado título mundial, mas não vamos esquecer que essa dificuldade não é só para nós, é para os outros também. Haverá confrontos que podem culminar com a saída de uma grande seleção contra uma outra grande seleção. O nosso otimismo em relação a um bom resultado é o que está na cabeça de cada um de nós e na cabeça de cada uma das meninas”, disse.

Preparação

Vadão disse que na seleção convocada há atletas de qualidade ímpar com capacidade de resolver uma partida apenas usando qualidades individuais, coisa que muitos países não têm. De acordo com o técnico, o período de 15 dias de preparação será fundamental e os problemas recentes de baixo rendimento da seleção ficarão para trás.

“Acho que estaremos muito mais preparados depois desses 15 dias, coisa que a gente não teve nesses amistosos. Aqueles resultados negativos são passado. O presente é o que vale. O que vale é a pontuação e o Mundial. É nisso que estamos focando”, disse.

A preparação da seleção feminina para a Copa do Mundo da França será em Portimão, na região do Algarve, em Portugal. O local foi escolhido para facilitar a aclimatação da equipe à temperatura e ao fuso horário. As atletas e a comissão técnica chegarão no dia 22 de maio e permanecerão lá até o 5 de junho, seguindo, então, para Grenoble. A base da seleção será o Centro de Treinamento do Portimonense Sporting Clube e terá à sua disposição o campo do Penina Hotel & Golf Resort, onde ficará hospedada.

“A escolha de Portimão foi com apoio do clube local, que nos ofereceu toda a sua estrutura para a gente fazer 14 dias de trabalho lá, que esperamos seja bastante proveitoso para um grande momento na seleção brasileira na Copa do Mundo da França”, disse o coordenador de seleções femininas da CBF, Marco Aurélio Cunha.

Cunha informou que a presidente da Federação Paraibana de Futebol, Michelle Ramalho, será a chefe da delegação na Copa do Mundo. Essa não é a primeira vez que ela ocupará o cargo. A primeira foi na Austrália. “Esperamos fazer um ótimo campeonato, uma grande Copa do Mundo e seguramente somos também candidato ao título”, disse Cunha.

O coordenador de seleções femininas agradeceu às 51 atletas que estiveram em jogos na fase que antecedeu à convocação. Se dirigindo às que não estão na lista, disse que deixava a sua gratidão e a expectativa de que sempre haverá portas abertas e oportunidades em novos torneios.

Cunha disse que a lista ainda pode sofrer modificação até o dia 26, caso ocorra algum caso de lesão, uma vez que ainda há competições em andamento com participações de jogadoras brasileiras, como a Copa de Portugal e o Campeonato Brasileiro. “Esperamos que ninguém se lesione, mas ela está aberta até o momento da viagem, que será no dia 21 para Portugal”

Lista de convocadas:

Goleiras: 
Aline - UD Granadilla Tenerife (Espanha) 
Bárbara - Avaí/Kindermann (Brasil) 
Letícia - Corinthians (Brasil)

Defensoras: 
Camila - Orlando Pride (EUA) 
Érika – Corinthians (Brasil) 
Fabiana - Internacional (Brasil) 
Kathellen – FC Bordeaux (França) 
Letícia - Sportclub Sand (Alemanha) 
Mônica – Corinthians (Brasil) 
Tamires - Fortuna Hjorring (Dinamarca) 
Tayla - Benfica (Portugal)

Meio-campistas: 
Adriana - Corinthians (Brasil) - 
Andressinha - Portland Thorns (EUA) 
Formiga - Paris St Germain (França) 
Thaisa - Milan (Itália)

Atacantes: 
Andressa Alves - Barcelona (Espanha) 
Bia Zaneratto - Incheon Hyundai Steel Red Angels (Coreia do Sul) 
Cristiane - São Paulo (Brasil) 
Debinha - North Carolina Courage (EUA) 
Geyse - Benfica (Portugal) 
Ludmila - Atlético de Madrid (Espanha) 
Marta - Orlando Pride (EUA) 
Raquel - Sporting Club Huelva (Espanha)

A piauiense Adriana

Natural do Piauí, Adriana foi um dos reforços do Corinthians na temporada de 2017. A atacante de 22 anos chegou a equipe após passagem pelo Rio Preto, onde foi revelada. Seu grande momento com a camisa alvinegra veio no seu segundo ano no Parque São Jorge.

Adriana foi artilheira da campanha campeã do Corinthians no Campeonato Brasileiro Feminino, com 14 gols marcados. Foi o primeiro título da equipe alvinegra na competição.

Fonte: Com informações da Agência Brasil 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Portal do Águia - Blog de notícias de Parnaíba, Piauí, Brasil